Domingo, 26 de Novembro de 2006

||| Moral deles ... (Não façam...) |||

VÁ. TOMEM UM CAFEZINHO PARA AQUECER A ALMA… EU VOU ALI ATÉ Á “SERRA NEVADA” E LOGO VOLTO… FIQUEM BEM….

   

 

          estrela19.gif         

|||   Fazei o que nós dizemos, não façais o que nós fazemos...   |||

 

Penso que j á todos temos ouvido, mais ou menos vezes, aquela saída pirosa destes artistas:

 

O médico:

 

Que é um grandessíssimo alcaria ”, vulgo bêbado que nem um cacho”…

Ou então que fuma que nem uma chaminé…

 

O padre:

 

Que come as beatas lá da paróquia, que vão muito à igreja e na volta, passam pela sacristia para serem crismadas vs galadas…

Que dizem;

 não cobiçar nem comer a vizinha, mas passam o tempo a pregar os mandamentos, um dos quais diz; “dar de comer a quem tem fome…”

Que dizem;

 não podem comer uma gaja, mesmo que seja boa, usando preservativo, (fodam-se…), a vida està boa para as pessoas terem muitos filhos, eles pagam bem a quem trabalha…

Ou pior ainda; imagina uma gaja, mesmo que boa, mas tem um problema de saúde fácilmente transmissível ao parceiro, porque terá só por birra do padre, do bispo ou do papa, (daaa-se…), que passar a ter mais um problema de saúde, fácilmente contornável. ..

Para não falar já  no problema maior, o HIV…

Serà que esses “artistas” pensam nalguma coisa, que porra de conversa mais anormal… (porque tentam meter o nariz na vida das pessoas?)

 

Isto é mesmo uma tristeza;

Quando é que esses gajos tomam um rumo decente e, deixam os homens (padres) casar como outro qualquer. A não ser que sejam e queiram ser maricas. Respeito a sua opção, mas não os obriguem a vir azucrinar o povo com essas balelas sem sentido. A vida é uma coisa muito mais séria, porra!!!

 

Agora apreciem um bom momento, que mostra uma reunião do regimento, onde todas as patentes mostram a sua destreza…

 

E, para todos, um bom fim de semana, com muita saúde.

Neste momento vou dar um passeio até á barragem mais próxima.

 

 

 (Porque será que algumas pessoas metem o nariz onde não devem?  eu acho que não deviam, a sério...)

 


 

Sinto-me...: Abismadooo...

Rabiscado por > Paraquedista às 14:11
Link do post | Diz o que pensas | Pensamentos (11) | Sala de visitas
Segunda-feira, 20 de Novembro de 2006

O fumar é sinónimo de "machismo" ???

 CIG2_animado.gif

 

    

 

Porra ,   que isto cada vez esta mais na mesma, (pior...).

 

Há alguns dias, numa das nossas pobrinhas TB's , uma gaja dessas espertas, que quando abrem a boca, se estivessem caladas não se notava tanto a estupidez, (daquelas que dizem assim, "ok Sr. PRESIDENTESSS ", (que pobre miséria...) dizia mais ou menos isto:

“Em tempos, o acto de fumar (quase só os homens fumavam...) era sinónimo de machismo!!! Ainda bem que agora as mulheres fumam da mesma maneira...”

Fôda-se !!! Então estas anormais, acham que o fumar que todos sabemos que mata, faz com que as pessoas sejam mais machas "? Eu sei o que pensam mas não digo, pois todos sabem.

O boneco é só mesmo para ilustrar o texto. Encontrei este boneco algures, não interessa, é mesmo só para encher, e digo eu:

Será por isso que cada vez mais, passo onde quer que seja, ou mesmo nas TB's se vê isso, as gajas que se nos apresentam, por vezes deixam-nos em suspense ...", quando começam a falar, com aquela voz de bagaço, de carroceiro/a... Cada vez há mais e não é só do bagaço, é mais do tabaco "que mata". Felizmente esse vício foi dar uma volta.

Só os cobardes dizem, não deito o cigarro fora porque não consigo, TRETAS...

Ora então tenham uma boa semana de trabalho ou descanso, conforme preferirem, e sejam muito felizes, sem veneno...

                 São dois cafezinhos , um para mim e outro para ti...

 (Esta é só para animar, e esquecer que amanhã vem chuva...)


Sinto-me...: Estou de saída, mas volto mais

Rabiscado por > Paraquedista às 15:19
Link do post | Diz o que pensas | Pensamentos (14) | Sala de visitas
Quarta-feira, 15 de Novembro de 2006

Hitler, de má memória...

... SÓ ME FALTAVA UM ATRASADO DESTES, APARECER NA HORA DE TRABALHAR…, FOGOOO… .

 


 

 

Um dia destes, estava eu a tratar da saúde dum doentinho, vulgo PC...

Ao lado uma televisão ligada, deixava ouvir alguém que falava deste anormal, que me desculpem os mais sensíveis mas, deveria dizer, este grande filho da puta ...

Eu até acredito que a mãe deste animal, poderia ser boa pessoa...

 

 

Não tive tempo para vasculhar bem, a ver se alguma coisa nos diria sobre esta senhora...

Esta é a mãe deste animal:

Talvez um/a expert em ler a fisionomia de alguém, consiga encontrar algum traço da personalidade da senhora.

Mas..., eu inclino-me ferozmente para a possibilidade da senhora ter morrido com um tremendo desgosto, por ter "parido" um anormal assim...

De qualquer modo, sabemos todos que este cabrão foi o responsável, com outros iguais a ele, pela morte de milhões de pessoas, assassinadas só porque este "filho da puta ", (vejam só, feio que nem um corno...), pensava com estes crimes todos, dar origem a uma nova raça, que seria o supra-sumo da humanidade. Seria segundo a besta, a raça iraniana, puro como o orvalho, (acabem o verso...).

A verdade é que, passados tantos anos, é bom não esquecer que houve e haverá gente assim, mas..., triste, triste é isto:

Vejam a beleza de raça "ariana" que esse filho da puta conseguiu, depois de tantos crimes perpetrados ...

>     >     >     blink2.gif

 

(Uns barris de cerveja..., mal feitos...)

 

A ver se, tão cedo não nos aparece outro parecido, arrenego-teee... 

(Pronto, já descarreguei nesta besta, agora..., vamos ao trabalhinho...)

                                             

 


Sinto-me...:

Rabiscado por > Paraquedista às 12:48
Link do post | Diz o que pensas | Pensamentos (8) | Sala de visitas
Quinta-feira, 9 de Novembro de 2006

Outono, ar puro...


Para desanuviar o ambiente e desejar a todos um bom fim de semana...

 

 

 Ainda hoje li uma amiga que "dizia"; não encontrou beleza nenhuma no outono, a propósito dum passeio de fim de semana ou mini férias... Pois olha para esta paisagem de outono, e há muitas mais assim e mais ou menos bonitas. Só tenho pena de não ter sido eu a fazer o boneco, foi-me enviada por uma pessoa amiga.

Desde agora mesmo eu desejo a todos um grande fim de semana. Aproveitem para apanhar ar puro, verão que as ideias, algumas bem poluidas, passarão a parecer muito mais normais.


 

Sinto-me...: a pensar em ar puro, renovador

Rabiscado por > Paraquedista às 21:39
Link do post | Diz o que pensas | Pensamentos (8) | Sala de visitas
Terça-feira, 7 de Novembro de 2006

Pobre figura... triste figura...

                   

 ... E é este animal, advogado!!!

Quando me chamaram hoje a atenção para este boneco, a minha alma ficou parvinha... 

  In 24 horas).

   Qualquer indivíduo, pior ainda sendo advogado, que tem a lata de dizer isto, no mínimo devia levar um bom enxerto de porrada...

Mas parece que em Portugal já vale tudo. Qualquer anormal já insulta tudo e todos sem o mínimo de despeito...

Que credibilidade  pode ter este ou outro indivíduo que tem este comportamento.

Deves ter muitos amigos na Ordem dos advogados, deves...

E cada vez   ficas mais lindo na fotografia... 

E os portugueses já te conhecem de gingeira , já te esqueceste de andar aos trambolhões ainda há pouco tempo?

Ganha trembêlho " homem...


 

PS2:-  Acrescento aqui algo que devia ter feito no início deste protesto:

Este "senhor doutor", esqueceu que no jornal diário 24 Horas, pode apreciar o alto nível de algumas pessoas com muito mais nível e mais interesse do que ele mesmo.

Deixo alguns exemplos:

O doutor Barra da Costa, que nos elucida como ninguém, com as suas dicas sobre problemas de justiça vs polícia.

O doutor Joaquim Letria, com as suas óptimas crónicas diárias.

A revista das sextas-feiras, sobre computadores, que é a mais lida em Portugal.

Mais haveria, mas chega, para este "senhor" sentir vergonha de abrir a boca, muitas das vezes que o faz, e deveria calar-se...

Boa sorte para todos.

 


 PS:- Todos sabem, menos este inteligente, que em Portugal há milhares de pessoas mais inteligentes  e mais educadas que ele,  que até compram e/ou lêm este jornal...
Sinto-me...: Envergomhado, por gente assim.
Sons musicais: Zé Cabra, e os seus "berros..."

Rabiscado por > Paraquedista às 19:04
Link do post | Diz o que pensas | Pensamentos (7) | Sala de visitas
Sexta-feira, 3 de Novembro de 2006

O desejo de um bombeiro...

blue.gif

 


 

    Pois, nem a propósito...

 Com tanta instabilidade que se tem vivido nos últimos tempos em várias corporações de bombeiros, à imagem do país político, nem a propósito recebi da Sofia, uma coisa bem interessante, que assenta que nem uma luva, para ser pensada sobretudo por pessoas que têm uma visão muito deturpada, da realidade que são os bombeiros, e como devem ser geridos e ajudados.

Este texto, a Sofia não sabe quem o escreveu, eu também não, não faz mal...

De certeza que o autor/a, não leverá a mal que seja reproduzido nesta página, para verem que há coisas que muitos ainda desconhecem como realmente as coisas são, neste caso no âmbito da família, bombeiros...

 

O desejo de um Bombeiro...



Desejava que pudesses ver a tristeza de um homem de negócios quando o trabalho da sua vida desaparece em chamas ou uma família que regressa a casa e apenas encontrar a sua casa e os seus pertences danificados ou destruídos.

Desejava que pudesses saber o que é procurar num quarto a arder por crianças presas... As chamas por cima da tua cabeça, as palmas das mãos e os joelhos a queimaram enquanto tu rastejas... O chão a ranger com o teu peso, enquanto a cozinha arde por baixo de ti.

Desejava que pudesses compreender o horror de uma esposa quando às 3 da manhã verifica que o marido não tem pulso...
Inicio o S.B.V. (suporte básico de vida) no mesmo, esperando uma hipótese muito remota de trazê-lo de volta... Sabendo instintivamente  que era tarde demais...
Mas querendo que a família soubesse que tudo o que era possível foi feito.


Desejava que pudesses saber o cheiro único de uma queimadura, o gosto da saliva com sabor a fuligem... Sentir o intenso calor que passa através do equipamento, o som dos estalos das chamas, a sensação de não conseguir ver absolutamente nada através do fumo denso... Sensações que se tornaram muito familiares para mim...

Desejava que pudesses compreender como nos sentimos ao ir para o trabalho de manhã após passarmos a maior parte da noite suando com o calor de diversas chamadas de fogo...

Desejava que pudesses ler o meu pensamento quando respondo a uma chamada para um edifício a arder, "Será falso alarme ou um enorme incêndio? Como será a construção do edifício? Que perigos esperam por mim? Estará alguém lá dentro ou saíram todos?"

"Ou para uma chamada de socorro," o que se passará com o doente? Será que a pessoa que telefonou está mesmo em apuros ou estará à minha espera com uma arma?".

Desejava que pudesses estar na sala de reanimação quando o médico decide anunciar a morte da linda menina de cinco anos que tenho tentado salvar durante os 25 minutos anteriores, e que nunca irá ter o seu primeiro namorado, nem nunca mais irá dizer "gosto muito de ti, mãe"...

Desejava que pudesses saber a frustração que sinto na cabina do autotanque, o motorista com o acelerador a fundo, o meu braço a tocar a sirene vezes sem conta quando não se consegue passar por um cruzamento ou no meio do transito.

 

Quando vocês precisam de nós, no entanto, o primeiro comentário quando chegamos será "levaram muito tempo para cá chegar".

Desejava que pudesses ler os meus pensamentos enquanto ajudo a retirar os restos de uma jovem do seu veiculo contorcido, "e se fosse a minha irmã, a minha namorada ou alguma amiga? Qual será a reacção dos seus pais quando abrirem a porta e verem os policias?"

Desejava que pudesses saber como é entrar em casa e cumprimentar a família não tendo coragem para lhes dizer que quase não voltei da ultima chamada.

Desejava que pudesses sentir os meus sentimentos quando as pessoas verbalmente, e às vezes fisicamente, nos maltratam ou subestimam o que fazemos, ou quando têm a atitude "isto nunca me aconteceria".

Desejava que pudesses perceber a instabilidade mental, emocional e física de refeições perdidas, sonos perdidos e a falta de actividades sociais associadas todas as tragédias que os meus olhos já viram.

Desejava que pudesses saber a irmandade que existe e a satisfação de ajudar a salvar uma vida, a preservar as coisas de alguém, a estar "lá" nos tempos de crise ou a criar ordem quando existe um caos total.

Desejava que pudesses compreender como nos sentimos quando temos uma criança a puxar-nos o braço e a perguntar "a minha mãe está bem?" sem sequer de conseguir olhar nos seus olhos sem deixar cair umas lágrimas e sem saber o que responder. Ou ter de segurar um amigo de longa data enquanto o seu companheiro vai na ambulância a receber respiração boca-a-boca. Sabendo de antemão que ele não trazia o cinto de segurança posto. Sensações que me ficaram muito familiares...

A menos que tenhas vivido este tipo de vida, nunca conseguirás entender verdadeiramente ou apreciar

QUEM EU SOU, O QUE NÓS SOMOS OU O QUE O NOSSO TRABALHO SIGNIFICA REALMENTE PARA NÓS…

 

     Desejava que pudesses....    

 


 

 

Sinto-me...: Esperança que tudo melhore...
Tags:

Rabiscado por > Paraquedista às 12:01
Link do post | Diz o que pensas | Pensamentos (12) | Sala de visitas
DE SANTIAGO DO CACÉM, O MELHOR PARA TODOS QUANTOS VISITEM ESTA PÁGINA… blue.gif Paraquedista.jpg blue.gif
Fases da Lua em directo
Hora universal

MISSÃO IMPOSSIVEL

blue.gif Feiras Novas blue.gif Asas de Portugal blue.gif
Weather Forecast | Weather Maps
O tempo ONLINE blue.gif

Dicionário

POSTS RECENTES

"Concertinas no Minho"

FESTA DAS ROSAS - Vilar d...

FACEBOOK

2013 - VOTOS DE UM BOM AN...

BOAS FESTAS

Festa da cereja 2011 - Al...

O primeiro voo dos "meus ...

Os bébés paraquedistas...

Aviso sério...

Lua cheia em perigeu-19MA...

LINKS

pesquisar

 

P A X LIST




Armazém Geral

Fevereiro 2018

Maio 2013

Dezembro 2012

Dezembro 2011

Junho 2011

Maio 2011

Março 2011

Novembro 2010

Outubro 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Janeiro 2010

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Agosto 2005

Julho 2005

Junho 2005

Maio 2005

subscrever feeds